Atividade intestinal do Bebê

Tempo de leitura: 2 minutos

Atividade intestinal do Bebê

Avaliar as características das fezes e do ritmo intestinal e suas mudanças , nos informa como está o estado de saúde desse bebê.

Atividade intestinal do Bebê 4Bebês em aleitamento materno exclusivo podem evacuar a cada mamada ou passar até 5 a 7 dias sem evacuar e as fezes podem variar de líquidas a pastosas. Esse ritmo e essas características evoluem até que chegam a um ano de idade (ou até adultos) quando o ideal é evacuar pelo menos uma vez ao dia, fezes formadas, de consistência firme, porém não ressecadas. Em crianças em aleitamento misto ou em uso exclusivo de fórmulas infantis, as fezes costumam ser mais ressecadas e o ritmo intestinal passa a ser mais espaçado, mesmo em bebês pequenos. Essa mudança das fezes fica mais evidente quando  é introduzida a alimentação complementar, atualmente aos 6 meses completos, independente de ser  aleitamento materno exclusivo ou aleitamento misto ou só fórmulas infantis.

Atividade intestinal do Bebê 11Sempre devemos estar atentos a mudanças do padrão, especialmente se forem agudas. Diarréias e prisão de ventre agudas costumam ser um sinal de que algo não vai bem. Deve-se ficar atento ao estado de hidratação da criança e, atenção redobrada aos bebês, em caso de alterações intestinais procurar imediatamente o pediatra da criança.

A alimentação e a hidratação são os determinantes para o bom funcionamento  do intestino. Até os 6 meses, o tipo de leite geralmente determina o ritmo intestinal, leite materno fezes amolecidas, fórmulas infantis fezes ressecadas. Após os 6 meses, a alimentação complementar e a hidratação serão importantes no ritmo regular das evacuações.

Bebês em uso de fórmulas infantis (mamadeiras), apresentam fezes mais secas, mais duras e em ritmo mais lento do que os que estão em aleitamento materno exclusivo. Está é uma das principais preocupações das indústrias alimentícias quanto a fabricação de suas fórmulas infantis, tentando se assemelhar, o máximo possível, à composição do leite materno.

Atividade intestinal do Bebê 6A diferença nas características e nas proporções dos carboidratos, proteínas e gorduras entre o leite materno e as fórmulas, além dos micronutrientes, são fatores fundamentais tanto no aspecto nutricional, na prevenção de anemias, desnutrição, obesidade infantil (entre outros problemas). Uma das tentativas das indústrias para solucionar essa questão é a adição de prebióticos (fibras especiais) e probióticos (bactérias que fazem parte da flora intestinal) à sua composição, tentando imitar ao máximo o leite materno. O leite materno é o alimento ideal para a criança. Quando o bebê nasce o intestino ainda está em desenvolvimento e uma simples mamadeira a noite, é o suficiente para desencadear várias alterações.

Sobre Flávia Rohan

Consultora em Amamentação, Fonoaudióloga, Psicomotricista, Pós-graduada em Motricidade Oral e Audiologia Clínica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *