Ocorrência de otite em bebês

Tempo de leitura: 3 minutos

A amamentação merece atenção especial da mamãe, seja ela no peito ou na mamadeira. Posição e ritmo certos para amamentar podem favorecer a saúde do bebê.

Mamar deitado pode causar a otite na criança?A posição é errada porque deixa a criança mais suscetível a infecção interna e externa no ouvido. Isso porque no caso de um refluxo ascendente do leite, poder atingir a tuba auditiva, provocando o problema. Infelizmente isso acontece, é muito comum e, muitas vezes, a mãe não percebe o que causa a doença, afirma os médicos.10410636_854782794551497_2219586414209546263_n

Os sintomas da otite podem se apresentar como: febre alta, perda de apetite, otorréia (secreção) nas orelhas, dor aguda e sensação de ouvido tapado.

Existe um canal que liga a região nasal e oral ao ouvido, é a tuba auditiva (antiga trompa de Eustáquio), essa tuba tem a função de igualar a pressão nos ouvidos com a pressão do ambiente. Para que você não fique com aquela sensação de “ouvido tapado” que acontece quando viaja de avião.

Deixar o bebê sugar a mamadeira na posição horizontal, favorece o acúmulo de leite nessa região e a abertura da tuba auditiva pelo gradiente de pressão, facilitando o acúmulo de líquidos e a entrada das bactérias no ouvido.

 E qual a diferença se a criança mama no peito? Antes de tudo, você conhece o fator protetor do leite materno. O leite materno tem anticorpos que protegem as mucosas evitando que a bactéria entre no nosso organismo. Tanto a cavidade oral e a nasal, quanto a própria tuba auditiva estão revestidas por mucosas, e isso facilita sua proteção.

Vários estudos comprovam que o leite materno reduz o risco de infecção de ouvido.OTITE

Mas o leite materno não é o único benefício do aleitamento materno. Para extrair o leite, do peito o bebê tem que fazer força, precisa sugar forte, não é como na mamadeira onde o leite jorra por gravidade ou após leve sucção do bebê. Por mais que tentem adaptar as mamadeiras, nenhuma se assemelha ao seio materno e seus inúmeros benefícios.

Os fatores físicos que diferenciam o aleitamento materno da mamadeira e evitam que o fato de amamentar deitada provoque otite são:

  • O movimento de sucção no peito faz com que a mandíbula do recém-nascido se projete para frente, essa posição estimula o desenvolvimento da articulação têmporo-mandibula (ATM) e colaborar com a formação do canal auditivo.
  • O gradiente de pressão provocado pela sucção e deglutição do seio materno é diferente do da mamadeira. Quando faz mais força para sugar, é mais difícil que a tuba permita a passagem do líquido para o ouvido.
  • O padrão da respiração do bebê que mama no peito é mais fisiológico, dificultando que ocorra esse acúmulo que predispõe à infecção.

 

Se você gostou do artigo compartilhe, vamos levar essa informação para o máximo de mamães que precisam de orientações para ajudar na saúde do seu bebê.

Sobre Flávia Rohan

Consultora em Amamentação, Fonoaudióloga, Psicomotricista, Pós-graduada em Motricidade Oral e Audiologia Clínica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *